Bases de Comunicadores realizam oficinas técnicas

Publicada em 10/08/2016 10:29:56 - Visualizada 559 vezes

Foto por:

No dia 24 de junho de 2016, foram realizadas duas oficinas para atender as bases de comunicação de Alta Floresta, Apiacás, Carlinda, Colíder e Nova Canaã, dentre as atividades do Projeto Sementes do Portal – Fase II. As oficinas aconteceram em Alta Floresta, na sede do Instituto Ouro Verde e tiveram início às 8 horas com um café da manhã, finalizando às 17 horas. As oficinas foram ministradas pela estagiaria Denise Farias, que cursa o último ano de jornalismo na UNEMAT – Universidade do Estado do Mato Grosso e pela assessora de comunicação do IOV, Aline Candido.

A primeira oficina foi voltada para a produção de textos jornalísticos, dando enfoque nas produções para o Muvucando, jornal comunitário desenvolvido de forma compartilhada entre jovens, conselhos gestores locais e equipe de comunicação do projeto. A oficina trabalhou não apenas a escrita e a importância da sequência lógica em um texto, mas também algumas dicas de uso de pronomes e sujeito, uso do gerúndio e do “queísmo” e a importância da vírgula. Tivemos uma atividade que foi bem válida para analisarmos a produção textual dos jovens, que divididos em duplas, criaram notícias sobre suas comunidades.

A segunda oficina, ocorrida no período da tarde, foi voltada para a diagramação de um jornal. Muitos dos grupos de comunicadores já possuem algum material próprio de suas bases, como fanzines e jornais murais, e a ideia foi auxiliar estes jovens na criação e melhoria de seus materiais impressos. Nesta oficina, foi usada a ferramenta “Publisher”, programa que faz parte do pacote da Windows e basta ser ativado nos computadores. O programa é bem simples de ser usado e possui diversas ferramentas que facilitam uma diagramação melhor dos materiais impressos.

Com o texto feito na atividade da parte da manhã, os jovens ainda em duplas, realizaram a diagramação de um jornal. Para atividade ficar mais completa, foram inseridos outros elementos além do texto, como agenda de atividades e receitas. Assim, eles conseguiram treinar a divisão dos espaços da página, ordem de importância das matérias e busca por qualidade de imagens para ilustrá-las.

A proposta das oficinas foi bem aceita pelos jovens, que já tinham apontado interesse e necessidade em atividades que fossem mais práticas para estas áreas de produção de textos e diagramação. Os 10 jovens que participaram ficaram de repassar o material para o restante das bases de comunicação, gerando assim mini oficinas em suas comunidades. A próxima oficina de comunicação ainda não tem data, mas, havendo necessidade, a equipe poderá oportunizar uma segunda data com a mesma temática para mais 10 novos comunicadores.


Por Instituto Ouro Verde